Alargada a temporada de turismo aquático na Estremadura

Espaços naturais repletos de água e clima bondoso em boa parte do ano, fazem da Estremadura uma região ideal para o desporto aquático, não só no verão. Um privilegiado mapa de água agasalhado por uma meteorologia temperada, alarga a temporada e permite vestir o fato de neopreno ou tornar-se um grumete, pelo menos de março a outubro.

Mais que vela nas albufeiras

A Estremadura é um destino generoso em grandes barragens onde testar a clássica vela, o esqui aquático e o surf, ou com habilidades mais novas, como o kitesurf ou o wakeboard, que permitem navegar sobrevoando a água em parapente ou manter o equilíbrio sobre uma prancha puxada por uma lancha.

São imagens que salpicam grandes albufeiras como as de Alange, Alcântara, Alqueva, Gabriel y Galán, García de Sola, Orellana, La Serena ou Zalamea, muitas delas com clubes náuticos onde iniciar-se nos exercícios aquáticos ou aperfeiçoá-los sem necessidade de ter de percorrer quilómetros na procura da costa salgada.

Nudo-agua

Escolhe a tua aventura na água

A Estremadura é banhada por 1500 quilómetros de costa interior entre barragens, praias, rios, gargantas, poças e piscinas naturais onde sentir-se como peixe na água. Cursos fluviais com caudal vivo como os do Alagón, Árrago, Tiétar ou Los Ángeles, transformam-se em excelentes pistas para descidas em canoa ou caiaque.

Escuela placentina de piraguismo
Escuela placentina de piraguismo

Gargantas e quedas de água no norte estremenho com vistas para uma imensa natureza, tornam-se palco  de rafting e canyoning em cantos como Los Papúos e Los Hoyos no Vale do Jerte, a piscina natural Vadillo ou El Gargantón em La Vera ou o espaço de Casares em Las Hurdes. São apenas alguns dos locais para estas práticas, pois são muitos os escorregas e poças espalhados nas regiões do norte estremenho.

Não podem ser obviadas as condições da Estremadura para a prática do mergulho, com imersões em albufeiras, rios e poças, para acrescentar ao catálogo aventureiro.

Toda essa riqueza natural é um motor de desenvolvimento regional e local que se tem transformado em mais um produto turístico, surgindo empresas de turismo aquático e ativo, crescendo a procura da população da Estremadura e de fora da região, atraídos pela idónea localização estratégica em relação às regiões do interior.

El Anillo, centro internacional de referência

Com estes precedentes, não é por acaso que a Estremadura conte com um Centro Internacional de Inovação Desportiva como El Anillo, na albufeira de Gabriel y Galán de Tierras de Granadilla. Reconhecido como Centro de Referência Nacional de Formação Profissional, é uma aposta da Junta da Estremadura onde é facilitada a prática desportiva, mas também a investigação, formação e celebração de competições de alto nível.

EL ANILLO centro deportivo en Extremadura

A conceção arquitetónica de El Anillo é um atrativo para comprovar o cuidado na sua construção para não alterar o meio ambiente. A fachada de aço inoxidável, por exemplo, reflete a natureza envolvente.

planVE, la guía de ocio de Extremadura

Autor original Pilar Armero

Traduzido por Diego Bernal Rico e Ângelo Merayo

Publicado em agosto de 2016

Alarga la tempora acuática en Extremadura

Extended water tourism season in Extremadura

Junta de Extremadura reportajes 2016 anuncio 3

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

También te puede interesar

De tapa em tapa pelos petiscos da Estremadura

Percorrer a Estremadura de tapa em tapa é uma experiência gastronómica para…

Descubra a Sibéria Estremenha, destino emergente

A Sibéria estremenha é uma região de contrastes digna de descobrir e…

Mérida estreia Semana Santa de Interesse Turístico Internacional

Os monumentos romanos de Mérida foram de suma importância para conseguir a…

Festas de interesse turístico na Estremadura, a não perder em agosto

Agosto pode ser vivido na Estremadura de festa em festa de interesse…