Deportes de Vela en Extremadura planVE

Alargada a temporada de turismo aquático na Estremadura

Espaços naturais repletos de água e clima bondoso em boa parte do ano, fazem da Estremadura uma região ideal para o desporto aquático, não só no verão. Um privilegiado mapa de água agasalhado por uma meteorologia temperada, alarga a temporada e permite vestir o fato de neopreno ou tornar-se um grumete, pelo menos de março a outubro.

Mais que vela nas albufeiras

A Estremadura é um destino generoso em grandes barragens onde testar a clássica vela, o esqui aquático e o surf, ou com habilidades mais novas, como o kitesurf ou o wakeboard, que permitem navegar sobrevoando a água em parapente ou manter o equilíbrio sobre uma prancha puxada por uma lancha.

São imagens que salpicam grandes albufeiras como as de Alange, Alcântara, Alqueva, Gabriel y Galán, García de Sola, Orellana, La Serena ou Zalamea, muitas delas com clubes náuticos onde iniciar-se nos exercícios aquáticos ou aperfeiçoá-los sem necessidade de ter de percorrer quilómetros na procura da costa salgada.

Nudo-agua

Escolhe a tua aventura na água

A Estremadura é banhada por 1500 quilómetros de costa interior entre barragens, praias, rios, gargantas, poças e piscinas naturais onde sentir-se como peixe na água. Cursos fluviais com caudal vivo como os do Alagón, Árrago, Tiétar ou Los Ángeles, transformam-se em excelentes pistas para descidas em canoa ou caiaque.

Escuela placentina de piraguismo

Escuela placentina de piraguismo

Gargantas e quedas de água no norte estremenho com vistas para uma imensa natureza, tornam-se palco  de rafting e canyoning em cantos como Los Papúos e Los Hoyos no Vale do Jerte, a piscina natural Vadillo ou El Gargantón em La Vera ou o espaço de Casares em Las Hurdes. São apenas alguns dos locais para estas práticas, pois são muitos os escorregas e poças espalhados nas regiões do norte estremenho.

Não podem ser obviadas as condições da Estremadura para a prática do mergulho, com imersões em albufeiras, rios e poças, para acrescentar ao catálogo aventureiro.

Toda essa riqueza natural é um motor de desenvolvimento regional e local que se tem transformado em mais um produto turístico, surgindo empresas de turismo aquático e ativo, crescendo a procura da população da Estremadura e de fora da região, atraídos pela idónea localização estratégica em relação às regiões do interior.

El Anillo, centro internacional de referência

Com estes precedentes, não é por acaso que a Estremadura conte com um Centro Internacional de Inovação Desportiva como El Anillo, na albufeira de Gabriel y Galán de Tierras de Granadilla. Reconhecido como Centro de Referência Nacional de Formação Profissional, é uma aposta da Junta da Estremadura onde é facilitada a prática desportiva, mas também a investigação, formação e celebração de competições de alto nível.

EL ANILLO centro deportivo en Extremadura

A conceção arquitetónica de El Anillo é um atrativo para comprovar o cuidado na sua construção para não alterar o meio ambiente. A fachada de aço inoxidável, por exemplo, reflete a natureza envolvente.

planVE, la guía de ocio de Extremadura

Autor original Pilar Armero

Traduzido por Diego Bernal Rico e Ângelo Merayo

Publicado em agosto de 2016

Alarga la tempora acuática en Extremadura

Extended water tourism season in Extremadura

Junta de Extremadura reportajes 2016 anuncio 3

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.