Rota através do cordel do Vale do Jerte, um percurso com vistas e encanto

O cordel do Vale do Jerte é um percurso encantador na província de Cáceres. Um passeio ao longo da rota do gado que durante anos acompanhou os criadores de Gredos até aos pastos de Riberos del Tajo.

É um caminho com vistas sobre Plasencia e o Vale do Jerte, que está entre os favoritos de caminhantes, corredores, ciclistas e cavaleiros em busca da natureza.

Mini campos de tomilho

O percurso ao longo do cordel do Vale pode ser feito em qualquer estação do ano, mas desde o prelúdio da primavera torna-se especial porque se transforma num catálogo de flores. Primeiro aparecem as margaridas nas áreas de água e as giestas brancas. Depois os piornos-amarelos e um pouco mais à frente, o tomilho roxo, tão concentrado em algumas áreas que parecem mini campos de lavanda. Serão seguidos pela esteva, imprescindível na primavera da Estremadura.

Cenários fantásticos para tirar e mandar tirar as suas fotografias.

Legenda da fotografia: A rota ao longo do cordel do Vale do Jerte está entre as favoritas de caminhantes e desportistas.

A rota através do cordel do Vale do Jerte está entre as preferidas de caminhantes e atletas

De Cuadrilleros a Casas del Castañar

O percurso ao longo do Cordel do Vale do Jerte pode começar no quilómetro seis da estrada EX – 203 que liga Plasencia à região de La Vera e terminar no 392, 3 da N – 110 que é onde o cordel atravessa a estrada do Vale do Jerte. Ou vice-versa.

Há nove quilómetros do lugar de Cuadrilleros até ao limite municipal de Casas del Castañar com um desnível que oscila entre 231 metros de subida e 163 de descida. Nada que um caminhante sem problemas de mobilidade não consiga ultrapassar. Além disso, vale a pena recriar e ampliar a vista com uma paragem para um lanche.

Por onde quer que comece, encontrará facilmente o caminho do gado, entre as paredes das quintas onde as vacas pastam placidamente.

Descobrir o Túmulo da Princesa

Se tiver vontade de fazer mais quilómetros do que os nove quilómetros entre Cuadrilleros e Las Casas, a rota pode ser estendida em direção à Reserva da Biosfera de Monfragüe, seguindo a cañada real e passando por Malpartida de Plasencia, o Parque Nacional de Monfragüe e Trujillo. Ou seguir os desvios no início do percurso da estrada para La Vera e espreitar o sítio arqueológico de Cerro de Castillejos, onde se encontra o Túmulo da Princesa, no Parque Natural El Robledo de Malpartida de Plasencia.

Para o cordel a partir da barragem de Plasencia

Uma terceira opção é iniciar o percurso na ciclovia da barragem de Plasencia, seguindo a sinalização de madeira do cordel que se encontra a poucos metros do início e que leva à N-110. Atravessando a estrada com cautela, o cordel é alcançado em cerca de dois quilómetros.

Uma vez no topo, só tem de escolher se quer continuar para a direita em direção a Malpartida de Plasencia ou para a esquerda, em direção ao Vale do Jerte.

Em qualquer direção, o Cordel do Vale do Jerte é uma estrada que não desilude. Um caminho onde pode imaginar histórias de pastores, recarregar as suas baterias e regressar a casa como novo. Um percurso onde pode regressar ao que ama.

Ruta por el cordel del Valle del Jerte, un recorrido con vistas y encanto

Autor original: Pilar Armero

Traduzido por Ȃngelo Merayo

PlanVE la guía de ocio de Extremadura / Das maravilhas que oferece a Extremadura

Publicado em maio de 2021

©Planveando Comunicaciones SL

 

 

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.