Miradouros e trilhos da província de Badajoz com vista para as estrelas

Existem coisas que podem ser estelares por causa das estrelas ou por causa da sua categoria e depois existe a província de Badajoz, estelar em todos os sentidos da palavra, pois conta com uma rede de miradouros e trilhos de primeira com vista para as estrelas.

Uma alcáçova, um castelo, o maior lago da Europa, partilhado com Portugal, umas cavernas pré-históricas, reservas naturais, serras ou um típico montado estremenho, são algumas das localizações dos miradouros celestes na província de Badajoz. São palcos privilegiados dos quais temos panorâmicas tão singulares como o cerro Masatrigo, conhecido como a rotunda mais bonita de Espanha, circundado por uma estrada em meio de um mar de água doce.

Toda uma rede de miradouros celestes na província de Badajoz

Mesmo durante o dia, vale a pena visitá-los, mas à noite a experiência é mágica. Os miradouros celestes são umas pedras brancas artificiais de grande tamanho que descobrem um mapa luminoso do céu. Assim, não é preciso ser especialista para apreciar as estrelas e constelações que podem ser observadas a olho nu.

A província de Badajoz com vista para estrelas que vais querer conhecer

As coordenadas exatas podem ser consultadas no site Extremadura Buenas Noches da Junta da Estremadura, que juntamente com a Deputação Provincial de Badajoz e a de Cáceres, os municípios envolvidos e os grupos de ação local, integram a estratégia regional de aposta no astroturismo.

A Estremadura tem um dos céus mais limpos da Europa. A escassa poluição luminosa e o clima suave durante grande parte do ano, tornam a região um destino ideal para fazer turismo de estrelas, que na província de Badajoz oferece, aliás, trilhos onde os nossos antepassados adoraram a lua, o sol ou as estrelas.

O Castelo de Alconchel estelar

É um turismo de sensações ativas numa rede de miradouros celestes e trilhos noturnos que não deixa de crescer. Antes do final do ano, o Castelo de Miraflores vai estrear um miradouro no cerro de Alconchel, onde os visitantes poderão observar o céu sob o qual, conta a lenda da Zaragutía Mora, durante a noite vaga uma sombra espectral.

Centro de Interpretação da Brama, em plena Reserva Regional de Caça do Cíjara. Extremadura, Buenas Noches – RN Fotógrafos.

Centro de Interpretação da Brama, em plena Reserva Regional de Caça do Cíjara. Extremadura, Buenas Noches – RN Fotógrafos.

O centro da brama em Helechosa de los Montes com visão noturna

Juntamente com o de Helechosa de los Montes são, por enquanto,    n os dois únicos miradouros de verão-outono. Convém ter em conta o calendário pois estão iluminados duas horas, entre as dez e a meia-noite, de acordo com a estação do ano. Este miradouro está localizado no , somamos à experiência de interpretar a paisagem das estrelas, o espetáculo sonoro dos veados na época do cio.

O miradouro de Galizuela com panorâmica do Cerro Masatrigo

Não é o único em plena Sibéria estremenha, porque o de Galizuela, freguesia de Esparragosa de Lares, faz parte do clube seleto de miradouros celestes de primavera-verão, onde o painel serve de guia de observação de estrelas tão famosas como as Perseidas. É daqui que temos uma panorâmica impressionante do Cerro Masatrigo no meio da albufeira de La Serena, conhecida também como a Montanha Mágica.

Miradouro celeste de Galizuela com vista para o cerro Masatrigo, a Monanha Mágica. Extremadura, Buenas Noches – RN Fotógrafos.

Miradouro aquático com vistas para Portugal em pleno Destino Turístico Starlight

Outro local emblemático da província de Badajoz, banhado pelas águas da grande albufeira de Alqueva é Olivença. No porto desportivo da freguesia de Vila Real existe um miradouro com vista para Portugal, onde as estrelas e o reflexo da água tornam inesquecível a experiência no primeiro Destino Turístico Starlight transfronteiriço certificado do mundo.

Miradouros em pleno montado em La Cocosa e La Roca de la Sierra

Muito perto, na quinta La Cocosa, propriedade da Deputação de Badajoz, existe outro miradouro situado no Centro de Capacitação em Sustentabilidade e Educação Ambiental. O montado é um excelente aliado para observar o céu noturno, como talvez também tenham achado os antepassados que viveram na próxima vila romana de La Cocosa.

Em pleno montado também encontramos o miradouro de La Roca de la Sierra, a apenas meia hora de Badajoz. Também perto, encontramos o Dólmen de Lácara, um local realmente mágico para admirar a abóbada celeste.

A grande quantidade de recursos ligados ao astroturismo, existentes na província, tem gerado a proliferação de alojamento e empresas que oferecem ao visitante uma ampla variedade de serviços que vão transformar a viagem numa experiência inesquecível.

Miradouro celeste da Alcazaba de Reina. Extremadura, Buenas Noches – RN Fotógrafos.

Miradouros celestes no Caminho de Santiago na Alcáçova de Reina e Cuevas de Fuentes de León

Outro recurso chave, o Caminho de Santiago, passa por Fuentes de León e Reina, onde os peregrinos podem fazer uma pausa no caminho para admirar o firmamento em ambos os miradouros. Em Reina localizado na alcáçova e tem uma panorâmica de exceção para a Campiña Sur. É por isso que Reina é conhecida como a varanda da Campiña Sur.

Trilhos noturnos da província de Badajoz com vista para as estrelas em Tentudía e na Sibéria estremenha

Em Fuentes de León, na região de Tentudía, acabou de ser instalado um miradouro de primavera-verão num monumento natural, as cavernas pré-históricas. Já na antiguidade foi um local cheio de magia que hoje podemos sentir quando percorremos o trilho noturno luminescente.

De Cuevas de Fuentes de León partem dois trilhos para deleite dos sentidos, porque ao mesmo tempo que observamos a imensidade do universo, podemos apreciar aromas e sons que são mais percetíveis durante a noite.

trilho noturno nas Cuevas de León. Extremadura, Buenas Noches – RN Fotógrafos.

É a rota do céu à terra, que passa por várias das grutas, conhecida como a rota de Cueva del Agua, a maior caverna do conjunto, um magnífico espaço cárstico ocupado por uma grande lagoa de 200 metros de comprimento.

Os outros dois trilhos noturnos, homologados e habilitados, encontram-se no coração da Sibéria estremenha. O de Galizuela é um percurso de apenas 3 quilómetros com uma espetacular vista da região com o maior número de quilómetros de costa fluvial de Espanha, o cerro Masatrigo incluído.

O outro caminho que nos guia em direção às estrelas é o de Poblado de Guadisa, chama-se Rio de Estrelas e percorre a ribeira do Guadiana, entre pinhais e azinheiras. Todos eles, adequados para visitar com crianças e comprovar que a noite não é completamente escura, graças às estrelas.

Ação desenvolvida pela Área de Transformação Digital e Turismo da Diputación de Badajoz e co-financiada pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional Feder através do Programa Interreg V-A Espanha Portugal 2014-2020

Miradores y senderos de la Provincia de Badajoz con vistas a las estrellas

Autor original: Merche Rey

Traduzido por Ȃngelo Merayo

Fotografía: Extremadura, Buenas Noches

PlanVE la guía de ocio de Extremadura

Publicado em novembro 2020

 @Planveando Comunicaciones SL

 

 

 

 

 

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.