Miradouros e trilhos da província de Badajoz com vista para as estrelas

Existem coisas que podem ser estelares por causa das estrelas ou por causa da sua categoria e depois existe a província de Badajoz, estelar em todos os sentidos da palavra, pois conta com uma rede de miradouros e trilhos de primeira com vista para as estrelas.

Uma alcáçova, um castelo, o maior lago da Europa, partilhado com Portugal, umas cavernas pré-históricas, reservas naturais, serras ou um típico montado estremenho, são algumas das localizações dos miradouros celestes na província de Badajoz. São palcos privilegiados dos quais temos panorâmicas tão singulares como o cerro Masatrigo, conhecido como a rotunda mais bonita de Espanha, circundado por uma estrada em meio de um mar de água doce.

Toda uma rede de miradouros celestes na província de Badajoz

Mesmo durante o dia, vale a pena visitá-los, mas à noite a experiência é mágica. Os miradouros celestes são umas pedras brancas artificiais de grande tamanho que descobrem um mapa luminoso do céu. Assim, não é preciso ser especialista para apreciar as estrelas e constelações que podem ser observadas a olho nu.

A província de Badajoz com vista para estrelas que vais querer conhecer

As coordenadas exatas podem ser consultadas no site Extremadura Buenas Noches da Junta da Estremadura, que juntamente com a Deputação Provincial de Badajoz e a de Cáceres, os municípios envolvidos e os grupos de ação local, integram a estratégia regional de aposta no astroturismo.

A Estremadura tem um dos céus mais limpos da Europa. A escassa poluição luminosa e o clima suave durante grande parte do ano, tornam a região um destino ideal para fazer turismo de estrelas, que na província de Badajoz oferece, aliás, trilhos onde os nossos antepassados adoraram a lua, o sol ou as estrelas.

O Castelo de Alconchel estelar

É um turismo de sensações ativas numa rede de miradouros celestes e trilhos noturnos que não deixa de crescer. Antes do final do ano, o Castelo de Miraflores vai estrear um miradouro no cerro de Alconchel, onde os visitantes poderão observar o céu sob o qual, conta a lenda da Zaragutía Mora, durante a noite vaga uma sombra espectral.

Centro de Interpretação da Brama, em plena Reserva Regional de Caça do Cíjara. Extremadura, Buenas Noches – RN Fotógrafos.
Centro de Interpretação da Brama, em plena Reserva Regional de Caça do Cíjara. Extremadura, Buenas Noches – RN Fotógrafos.

O centro da brama em Helechosa de los Montes com visão noturna

Juntamente com o de Helechosa de los Montes são, por enquanto,    n os dois únicos miradouros de verão-outono. Convém ter em conta o calendário pois estão iluminados duas horas, entre as dez e a meia-noite, de acordo com a estação do ano. Este miradouro está localizado no , somamos à experiência de interpretar a paisagem das estrelas, o espetáculo sonoro dos veados na época do cio.

O miradouro de Galizuela com panorâmica do Cerro Masatrigo

Não é o único em plena Sibéria estremenha, porque o de Galizuela, freguesia de Esparragosa de Lares, faz parte do clube seleto de miradouros celestes de primavera-verão, onde o painel serve de guia de observação de estrelas tão famosas como as Perseidas. É daqui que temos uma panorâmica impressionante do Cerro Masatrigo no meio da albufeira de La Serena, conhecida também como a Montanha Mágica.

Miradouro celeste de Galizuela com vista para o cerro Masatrigo, a Monanha Mágica. Extremadura, Buenas Noches – RN Fotógrafos.

Miradouro aquático com vistas para Portugal em pleno Destino Turístico Starlight

Outro local emblemático da província de Badajoz, banhado pelas águas da grande albufeira de Alqueva é Olivença. No porto desportivo da freguesia de Vila Real existe um miradouro com vista para Portugal, onde as estrelas e o reflexo da água tornam inesquecível a experiência no primeiro Destino Turístico Starlight transfronteiriço certificado do mundo.

Miradouros em pleno montado em La Cocosa e La Roca de la Sierra

Muito perto, na quinta La Cocosa, propriedade da Deputação de Badajoz, existe outro miradouro situado no Centro de Capacitação em Sustentabilidade e Educação Ambiental. O montado é um excelente aliado para observar o céu noturno, como talvez também tenham achado os antepassados que viveram na próxima vila romana de La Cocosa.

Em pleno montado também encontramos o miradouro de La Roca de la Sierra, a apenas meia hora de Badajoz. Também perto, encontramos o Dólmen de Lácara, um local realmente mágico para admirar a abóbada celeste.

A grande quantidade de recursos ligados ao astroturismo, existentes na província, tem gerado a proliferação de alojamento e empresas que oferecem ao visitante uma ampla variedade de serviços que vão transformar a viagem numa experiência inesquecível.

Miradouro celeste da Alcazaba de Reina. Extremadura, Buenas Noches – RN Fotógrafos.

Miradouros celestes no Caminho de Santiago na Alcáçova de Reina e Cuevas de Fuentes de León

Outro recurso chave, o Caminho de Santiago, passa por Fuentes de León e Reina, onde os peregrinos podem fazer uma pausa no caminho para admirar o firmamento em ambos os miradouros. Em Reina localizado na alcáçova e tem uma panorâmica de exceção para a Campiña Sur. É por isso que Reina é conhecida como a varanda da Campiña Sur.

Trilhos noturnos da província de Badajoz com vista para as estrelas em Tentudía e na Sibéria estremenha

Em Fuentes de León, na região de Tentudía, acabou de ser instalado um miradouro de primavera-verão num monumento natural, as cavernas pré-históricas. Já na antiguidade foi um local cheio de magia que hoje podemos sentir quando percorremos o trilho noturno luminescente.

De Cuevas de Fuentes de León partem dois trilhos para deleite dos sentidos, porque ao mesmo tempo que observamos a imensidade do universo, podemos apreciar aromas e sons que são mais percetíveis durante a noite.

trilho noturno nas Cuevas de León. Extremadura, Buenas Noches – RN Fotógrafos.

É a rota do céu à terra, que passa por várias das grutas, conhecida como a rota de Cueva del Agua, a maior caverna do conjunto, um magnífico espaço cárstico ocupado por uma grande lagoa de 200 metros de comprimento.

Os outros dois trilhos noturnos, homologados e habilitados, encontram-se no coração da Sibéria estremenha. O de Galizuela é um percurso de apenas 3 quilómetros com uma espetacular vista da região com o maior número de quilómetros de costa fluvial de Espanha, o cerro Masatrigo incluído.

O outro caminho que nos guia em direção às estrelas é o de Poblado de Guadisa, chama-se Rio de Estrelas e percorre a ribeira do Guadiana, entre pinhais e azinheiras. Todos eles, adequados para visitar com crianças e comprovar que a noite não é completamente escura, graças às estrelas.

Ação desenvolvida pela Área de Transformação Digital e Turismo da Diputación de Badajoz e co-financiada pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional Feder através do Programa Interreg V-A Espanha Portugal 2014-2020

Miradores y senderos de la Provincia de Badajoz con vistas a las estrellas

Autor original: Merche Rey

Traduzido por Ȃngelo Merayo

Fotografía: Extremadura, Buenas Noches

PlanVE la guía de ocio de Extremadura

Publicado em novembro 2020

 @Planveando Comunicaciones SL

 

 

 

 

 

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

También te puede interesar

Rotas de bicicleta pela província de Cáceres, um espetáculo sobre duas rodas

As rotas de bicicleta

Rota através do cordel do Vale do Jerte, um percurso com vistas e encanto

O cordel do Vale do Jerte é um percurso encantador na província…

Planos para uma escapadinha perfeita e florida em Madrigalejo

As árvores frutíferas em flor de Madrigalejo valem bem uma visita à…

O caminho sinuoso do rio Malvellido em Las Hurdes

O Malvellido transporta as suas águas por um caminho que serpenteia pelas…