Escapada zen provincia Cáceres Tajo Internacional. Foto: Carlos Criado/ PlanVE

Razões para uma escapada zen na província de Cáceres

A província de Cáceres tem mil razões ocultas para desfrutar de uma escapada zen que podem ser resumidas em uma, natureza em estado puro sem aglomerações. Do #fiqueemcasa vai passar a não querer sair daqui, onde se sentirá tão feliz.

Razões não faltam, com percursos pedestres onde respirar ar puro. Por exemplo, o que parte de San Martín de Trevejo na Serra de Gata, que parece ter sido feito para os seus olhos. É tão fácil que poderá partilhar em família a sensação de encontrar oliveiras, castanheiros centenários e cursos de água, quando começar a caminhar numa das mais belas terras de Espanha.

A água é a chave numa escapada zen na província de Cáceres

Cascada del Chorrituero

Chorritero o Chorrituelo de Ovejuela en Las Hurdes

A vegetação é tão exuberante como em Las Hurdes, terra mítica onde o passeio poderá terminar perto de uma bela cascata, El Chorritero de Ovejuela, conhecido popularmente como Chorrituelo, de 70 metros de altura. Numa localização um pouco mais íngreme, encontramos o Chorro de la Meancera, em El Gasco, com mais de cem metros e onde as aves podem ser observadas. A água e a paisagem são tão abundantes nesta região que existe um Centro de Interpretação da Água e o Ambiente no antigo lagar de Cambrón.

Caminhadas em lugares da província de Cáceres onde a desconexão é total

Apenas o som da água já é medicinal, mas no Valle de Ambroz é mesmo terapêutico, nas termas de Baños de Montemayor e de Salugral, em Hervás.

Adentrar-se no Castanhal Galego de Hervás, um dos maiores do sul da Europa, ou desviar-se pela Pista Heidi, também é muito relaxante. Em paisagens como estas, a desconexão é total. Antigamente era território de lobos e a aldeia de montanha de La Garganta sedia um dos três centros do lobo de Espanha.

Castañar Gallego de Hervás.

Castañar Gallego de Hervás. Foto: Andy Solé – PLANVE

Percursos pedestres para respirar ar puro na província de Cáceres

Numa escapada zen na província de Cáceres não podem faltar as paisagens estreladas, num céu limpo de poluição. O Parque Nacional de Monfragüe, além de Reserva da Biosfera, é um paraíso para aves, é Destino Turístico Starlight e um dos territórios Unesco da província, juntamente com o Geoparque Mundial Villuercas-Ibores Jara e o Parque Natural do Tejo Internacional, Reserva da Biosfera Transfronteiriça. São as “jóias da coroa” numa província com tantos espaços naturais como razões para visitá-la.

O Parque Tejo-Tajo fica na Serra de San Pedro, na fronteira com Portugal, e oferece uma Rota dos Dólmens muito mágica. Nesta região, encontra-se a pedreira de Alcântara, uma das zonas balneares mais surpreendentes da Estremadura, um lago de águas claras de nascente, formado artificialmente no local onde foram extraídas as pedras para construir uma represa. Hoje, tem muita natureza viva à sua volta e nos seus riscos aninham cegonhas pretas, abutres ou britangos. Deitar-se ao sol é uma grande experiência.

Escapada zen provincia Cáceres Las Villuercas, Extremadura. Foto: Carlos Criado / PlanVE

Tocar o céu, Las Villuercas. Foto: Carlos Criado / PlanVE

Sítios onde tocar o céu na província de Cáceres

Sentir a sensação de estar a flutuar é possível enquanto contemplamos a imensa paisagem do Geoparque Mundial Villuercas-Ibores-Jara. Um pedacinho do percurso internacional dos Apalaches, dividido por outros cantos do planeta tão interessantes como a Gronelândia, a Terra Nova ou a Islândia, um impressionante conjunto orográfico, disponível na província de Cáceres. Se quisermos saber um pouco sobre a formação da Terra, é o destino perfeito e quase místico, que irá conduzir-nos por numerosos geo-sítios, pinturas rupestres, grutas e inclusivamente a mina Constanza de Logrosán e do fundo ao mais alto, o Pico Villuercas transmite pura paz.

Por terra, de Logrosán a Guadalupe, podemos seguir a rota que percorreu D. Isabel a Católica para descobrir a Puebla de Guadalupe, segundo centro de peregrinação de Espanha, depois de Santiago de Compostela. O Mosteiro de Guadalupe, Património da Humanidade, é um convite para o recolhimento. Também o menor convento do mundo, o Convento del Palancar.

Los Barruecos, foto: Andy Solé

Los Barruecos. Foto: Andy Solé/PlanVE

Ainda para meditar, o Monumento Natural de Los Barruecos, na região Tejo-Salor-Almonte, numa paisagem granítica de formas caprichosas, tão singular como o Museu Vostell que combina a modernidade com a tradicional rota da lã.

Regressamos renovados desta escapada zen na província de Cáceres e com vontade de repetir.

Razones para una escapada zen en la provincia de Cáceres

Autor original: Merche R. Rey

Traduzido por Diego Bernal

Fotografía: Andy Solé/ Carlos Criado /planVE

PlanVE la guía de ocio de Extremadura

Publicado en junho de 2020

 @Planveando Comunicaciones SL

 

Turismo Cáceres

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.