A navegar a Estremadura

Privilegiados.  É assim que se sentem as pessoas que entram nos navios que navegam as águas da Estremadura. Entre as múltiplas opções para descobrir a Estremadura, também existe esta. “A vista, o olfacto e o ouvido são os sentidos que mais participam desta experiência” afirma Rafa Pintado, empresário de Barco del Tajo.

Os viajantes passam o tempo do cruzeiro surpreendidos com a paisagem, com os aromas da vegetação e com o silêncio que tudo envolve. É uma travessia da calma da água doce. Esta modalidade de turismo deixa ainda, um espaço para as atividades desportivas. A Estremadura sobre a água também tem muita coisa a dizer.

Atravessar a Raia

É a maior atração para os passageiros. O navio parte de diferentes pontos da Estremadura e chega a Portugal. No norte da Estremadura existem nove rotas fluviais que navegam as águas do Tejo Internacional, a Raia e a área de Monfragüe.

As rotas no norte estremenho

‘A contemplar os guardiões’ passa pelos rios Tejo e Alagón. O ponto forte são os espaços da Zona Zepa que se estende até Peña Cepeda, uma área rochosa onde podem ser vistos abutres-fouveiros

‘Regresso aos templários’ é uma rota que inclui um percurso pela localidade portuguesa de Segura e a sua área, a aldeia romana de Idanha-a-Velha, Monsanto e Penha Garcia no Geoparque Naturtejo.

‘Varanda do Tejo’. É a mais extensa e inclui itinerários que atravessam o Parque Natural do Tejo Internacional.

‘Rota dos gigantes’. Percorre a barragem de Alcântara,  Peña Cepeda e Canchal de las Ranas até chegar a Canchos de Ramiro.

‘A última fronteira natural’ vai de Herrera de Alcántara a Cedillo (22 quilómetros, duas horas).

‘Coração do Tejo’ navega as águas entre Herrera e Santiago de Alcántara (22 quilómetros, duas horas). Uma terceira opção une estes dois percursos num só cruzeiro de quatro horas que percorre todo o troço navegável do Tejo na zona, atravessando um território privilegiado e temporalmente restrito pela sua diversidade de flora e fauna (abutres-fouveiros, abutres-do-egito, cegonhas-pretas, águia-imperial, …)

‘Rota do contrabando’ parte de Cedillo e mostra alguns dos percursos utilizados anos atrás pelos contrabandistas.

‘Descobre Portugal’ Parte de três localidades estremenhas: Cedillo, Herrera de Alcántara e Santiago de Alcántara. O navio chega a Lentiscais, em Portugal, ali os passageiros têm a opção de apanhar um autocarro gratuito a Castelo Branco.

‘Portugal à vontade’ inclui uma noite em Castelo Branco para regressar no dia seguinte no navio.

Estas rotas são realizadas pelo navio Barco de Alcántara e o Barco del Tajo Internacional. No entanto, existe uma terceira embarcação, a que vai percorrer o Parque Nacional de Monfragüe. Terá dois percursos, um de Serradilla a Salto del Gitano. O outro, de Serradilla a Talaván. Este navio é um centro de interpretação sobre a água e com ele poderá ser descoberta a riqueza da flora e a fauna do parque, uma Zona de Proteção Especial para aves e reserva da biosfera da UNESCO.

Informação e reservas:

Barco del Tajo:

www.barcodeltajo.com

Telefone: (0034) 680 554 146

As rotas no sul da Estremadura

Alqueva, o maior lago artificial da Europa, oferece cem quilómetros de comprimento e mil e duzentos quilómetros de costa para desfrutar de uma grande variedade de atividades entre Olivença e Portugal. Passeios de barco, caiaque, atividades aquáticas, pesca artesanal e o produto estrela, a rota do contrabando do café entre as duas beiras, a espanhola e a portuguesa que é representada todas as noites de sexta-feira e sábado do ano, com experiências gastronómicas incluídas.

Alqueva Entretenida:

www.alquevaentretenida.com

Telefone: (0034)  690 329 406

As barragens de La Serena, Zújar, García de Sola, Orellana e Cíjara são navegáveis durante todo o ano. Neste percurso não devemos esquecer o telescópio ou os binóculos pois é Zona de Proteção Especial para aves dentro da Rede Natura 2000.

Sport Nautic Alqueva:

www.puertovillarrealdeolivenza.es

Telefone: (0034) 619 042 346

Sertur. Ócio e Tempo livre em La Serena

www.isladelzujar.com

Telefone: (0034) 610 390 793

Os percursos no Complexo de Isla del Zújar contam com áreas de praia de areia, pesqueiras flutuantes e cais para barcos.

Autor original Noelia Pérez

Traduzido por Diego Bernal Rico

planVE la guía de ocio de Extremadura

Surcando Extremadura en barco

Sailing Extremadura

Publicado em setembro de 2017

@Planveando Comunicaciones S L

 

 

 

 

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

También te puede interesar

Um passeio entre os castelos da Estremadura

Descubra os castelos da Estremadura, entre azinheiras na devesa ou em núcleos urbanos.…

Vinhos na Estremadura

Com o vinho faz-se o caminho e quem escolher a Denominação de…

Festas de interesse turístico na Estremadura, a não perder em agosto

Agosto pode ser vivido na Estremadura de festa em festa de interesse…

Santa Lucía del Trampal, uma basílica com uma luz própria no sul da província de Cáceres

Nas horas da manhã, Santa Lucía del Trampal em Alcuéscar parece espreguiçar-se…