A navegar a Estremadura

Privilegiados.  É assim que se sentem as pessoas que entram nos navios que navegam as águas da Estremadura. Entre as múltiplas opções para descobrir a Estremadura, também existe esta. “A vista, o olfacto e o ouvido são os sentidos que mais participam desta experiência” afirma Rafa Pintado, empresário de Barco del Tajo.

Os viajantes passam o tempo do cruzeiro surpreendidos com a paisagem, com os aromas da vegetação e com o silêncio que tudo envolve. É uma travessia da calma da água doce. Esta modalidade de turismo deixa ainda, um espaço para as atividades desportivas. A Estremadura sobre a água também tem muita coisa a dizer.

Atravessar a Raia

É a maior atração para os passageiros. O navio parte de diferentes pontos da Estremadura e chega a Portugal. No norte da Estremadura existem nove rotas fluviais que navegam as águas do Tejo Internacional, a Raia e a área de Monfragüe.

As rotas no norte estremenho

‘A contemplar os guardiões’ passa pelos rios Tejo e Alagón. O ponto forte são os espaços da Zona Zepa que se estende até Peña Cepeda, uma área rochosa onde podem ser vistos abutres-fouveiros

‘Regresso aos templários’ é uma rota que inclui um percurso pela localidade portuguesa de Segura e a sua área, a aldeia romana de Idanha-a-Velha, Monsanto e Penha Garcia no Geoparque Naturtejo.

‘Varanda do Tejo’. É a mais extensa e inclui itinerários que atravessam o Parque Natural do Tejo Internacional.

‘Rota dos gigantes’. Percorre a barragem de Alcântara,  Peña Cepeda e Canchal de las Ranas até chegar a Canchos de Ramiro.

‘A última fronteira natural’ vai de Herrera de Alcántara a Cedillo (22 quilómetros, duas horas).

‘Coração do Tejo’ navega as águas entre Herrera e Santiago de Alcántara (22 quilómetros, duas horas). Uma terceira opção une estes dois percursos num só cruzeiro de quatro horas que percorre todo o troço navegável do Tejo na zona, atravessando um território privilegiado e temporalmente restrito pela sua diversidade de flora e fauna (abutres-fouveiros, abutres-do-egito, cegonhas-pretas, águia-imperial, …)

‘Rota do contrabando’ parte de Cedillo e mostra alguns dos percursos utilizados anos atrás pelos contrabandistas.

‘Descobre Portugal’ Parte de três localidades estremenhas: Cedillo, Herrera de Alcántara e Santiago de Alcántara. O navio chega a Lentiscais, em Portugal, ali os passageiros têm a opção de apanhar um autocarro gratuito a Castelo Branco.

‘Portugal à vontade’ inclui uma noite em Castelo Branco para regressar no dia seguinte no navio.

Estas rotas são realizadas pelo navio Barco de Alcántara e o Barco del Tajo Internacional. No entanto, existe uma terceira embarcação, a que vai percorrer o Parque Nacional de Monfragüe. Terá dois percursos, um de Serradilla a Salto del Gitano. O outro, de Serradilla a Talaván. Este navio é um centro de interpretação sobre a água e com ele poderá ser descoberta a riqueza da flora e a fauna do parque, uma Zona de Proteção Especial para aves e reserva da biosfera da UNESCO.

Informação e reservas:

Barco del Tajo:

www.barcodeltajo.com

Telefone: (0034) 680 554 146

As rotas no sul da Estremadura

Alqueva, o maior lago artificial da Europa, oferece cem quilómetros de comprimento e mil e duzentos quilómetros de costa para desfrutar de uma grande variedade de atividades entre Olivença e Portugal. Passeios de barco, caiaque, atividades aquáticas, pesca artesanal e o produto estrela, a rota do contrabando do café entre as duas beiras, a espanhola e a portuguesa que é representada todas as noites de sexta-feira e sábado do ano, com experiências gastronómicas incluídas.

Alqueva Entretenida:

www.alquevaentretenida.com

Telefone: (0034)  690 329 406

As barragens de La Serena, Zújar, García de Sola, Orellana e Cíjara são navegáveis durante todo o ano. Neste percurso não devemos esquecer o telescópio ou os binóculos pois é Zona de Proteção Especial para aves dentro da Rede Natura 2000.

Sport Nautic Alqueva:

www.puertovillarrealdeolivenza.es

Telefone: (0034) 619 042 346

Sertur. Ócio e Tempo livre em La Serena

www.isladelzujar.com

Telefone: (0034) 610 390 793

Os percursos no Complexo de Isla del Zújar contam com áreas de praia de areia, pesqueiras flutuantes e cais para barcos.

Autor original Noelia Pérez

Traduzido por Diego Bernal Rico

planVE la guía de ocio de Extremadura

Surcando Extremadura en barco

Sailing Extremadura

Publicado em setembro de 2017

@Planveando Comunicaciones S L

 

 

 

 

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.