O mosteiro de Yuste, retiro de Carlos V

Quando o imperador Carlos V decidiu passar os últimos anos da sua vida no Mosteiro de São Jerónimo de Yuste mudou o destino deste lugar e de toda a comarca de La Vera no norte estremenho. Morou lá pouco mais de ano e meio, mas este facto deu origem a importantes mudanças, pois até ali chegaram membros da nobreza que se estabeleceram ou que iam visitar o imperador e naquela imensidade de natureza virgem começaram a serem construídas casas e paços que deram à zona um relevo indiscutível.

O Mosteiro de Yuste é um edifício erguido a dois quilómetros de Cuacos de Yuste. Está formado por duas partes, o mosteiro propriamente dito e a residência do imperador. Os aposentos onde Carlos V se hospedou guardam muitas histórias da época, a cama, da qual o imperador podia ver diretamente o altar da capela. Em outro dos quartos, que dá para o jardim e o belo tanque onde Carlos V pescava, está também o cadeirão do imperador preparado para acalmar as dores que sofria por causa da gota. Também é possível contemplar uma cópia do quadro do imperador com a sua esposa, Isabel de Portugal, cujo original mantém a Casa de Alba.

YUSTE-2-1024x682

O mosteiro consta de dois claustros, um gótico e outro renascentista, para além da capela e uma área de exposição. Também pode ser visitado, sob o altar, o local onde esteve enterrado durante alguns anos o imperador Carlos V até que o seu filho decidiu levá-lo para o Mosteiro de São Lourenço do Escorial.

Monasterio de Yuste silla Carlos VAs imediações do mosteiro caracterizam-se pela sua beleza, natureza abundante e belas paisagens. Cuacos de Yuste é uma vila que vale a pena visitar, tal como o cemitério alemão situado a poucos metros. Ainda, do mosteiro podemos seguir a estrada que leva até uma das localidades mais bonitas da zona, Garganta la Olla, mas antes de chegar é recomendável desfrutar das paisagens e a vista que o miradouro da Serrana oferece sobre a aldeia.

Cada ano, durante o mês de fevereiro, é organizado um percurso pedestre denominado a Rota do imperador, que segue os passos de Jarandilla até ao Mosteiro de Yuste. A zona é enfeitada para a ocasião e o povo da zona veste trajes de época. É uma festa de fim de semana que reúne vizinhos e visitantes para lembrar a história de quando o homem mais importante do mundo decidiu viver em La Vera.

Horário

De 1 de abril a 30 de setembro

De terças-feiras a domingos das 10:00 às 20:00 horas

De 1 de outubro a 21 de março

De terças-feiras a domingos das 10:00 às 18:00 horas

Segundas-feiras encerrado

Autor original Marian Castillo

Traduzido por Diego Bernal Rico

Publicado em 28 de fevereiro de 2016